logo
CSI Online

Movimento amare realiza ação social para adquirir van para atendimento médico odontológico da população carente na capital e interior

O Instituto Amare, pertencente ao Movimento de jovens casais, que tem como idealizador e orientador espiritual, o sacerdote jesuíta, Eugênio Pacelli, Amare, lançou o

Projeto Amar e Servir para viabilizar aquisição de uma  Van Consultório para atender ao público carente da capital e interior.

Em março de 2018, o AMARE levou ao interior de Canindé médicos e dentistas para atender a população carente da localidade.  Os médicos, mesmo embaixo de tendas improvisadas,

conseguiram realizar  consultas, contudo, por estrutura para consultório odontológico, os dentistas não puderam fazer muito. Segundo o padre Eugênio Pacelli, todos voltaram angustiados, imaginando o que poderiam fazer para amenizar a situação daquele povo.

Foi quando nasceu o desejo de estruturar e oferecer  um consultório móvel que pudesse chegar aos lugares onde este serviço é escasso.

No Amare, atualmente, possui em torno de 100 dentistas e mais de 200 médicos, além de nutricionistas, educadores físicos, e psicólogos dispostos a ajudar e organizados

em uma comissão para atender o povo carente em ações nas praças e cidades do interior, fazendo atendimento primário todos os meses, por meio de uma escala.

Para ajudar a materializar esse sonho, o Movimento Amare resolveu lançar uma rifa de uma moto, no valor de R$ 30,00, para adquirir a van consultório. O sorteio ocorrerá

no dia 23 de junho.

Sobre o Amare:

O Amare é um movimento católico, idealizado para jovens casais, entre 0 a 5 anos de casados, que tem  a missão de fortalecer a união do casal, entre si, com Deus e com

a Igreja Católica, proporcionando uma maneira autêntica de transmitir a todos os valores do Sacramento do Matrimônio. Utilizam o testemunho de vida conjugal como fonte de evangelização, pois, entendem que o amor experimentado e partilhado, a dois,  é a melhor

maneira de convencer o mundo da beleza do Matrimônio.

O Amare surgiu inspirado no Papa Francisco, que afirmava: “As famílias felizes são essenciais para a igreja e para a sociedade” e no sonho do sacerdote jesuíta, Eugenio

Pacelli, de inserir jovens casais em um movimento que pudesse aproximá-los da Palavra de Deus, fortalecendo, assim,  o matrimônio e a família.

Com a certeza de que famílias felizes passam pelo caminho da fé amadurecida em grupos de casais, na escuta da palavra, no amor e no servir, o Padre Eugenio convida o primeiro

casal – Patriciana e David Rodrigues – que possuíam essas características, para ajudá-lo a fundar o AMARE e a motivar jovens casais a trilharem esse mesmo caminho.

O Movimento Amare também é inspirado nas orientações do Concílio Vaticano II, que prega uma Igreja a serviço do mundo, valorizando os sinais dos tempos, composta pelo serviço, também, de leigos.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. * Campos obrigatórios